Mudança do superávit não será votada nesta terça

Renan informou que conversará com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, para que nova sessão conjunta do Congresso seja marcada para apreciação do projeto; parlamentares estão desde as 15h30 discutindo 38 vetos presidenciais, que devem ser votados até o final do dia

Renan informou que conversará com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, para que nova sessão conjunta do Congresso seja marcada para apreciação do projeto; parlamentares estão desde as 15h30 discutindo 38 vetos presidenciais, que devem ser votados até o final do dia
Renan informou que conversará com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, para que nova sessão conjunta do Congresso seja marcada para apreciação do projeto; parlamentares estão desde as 15h30 discutindo 38 vetos presidenciais, que devem ser votados até o final do dia (Foto: Gisele Federicce)

Agência Senado - O presidente do Congresso, Renan Calheiros, acaba de informar a deputados e senadores que o projeto que altera a regra de cálculo do superávit primário deste ano não será votado nesta terça-feira (25).

Os parlamentares estão desde as 15h30 discutindo 38 vetos presidenciais, que devem ser votados até o final do dia. A oposição insistiu para que cada um dos vetos fosse discutido separadamente, o que pode prorrogar a sessão por muitas horas.

Renan informou que conversará com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, para que nova sessão conjunta do Congresso seja marcada para apreciação do PLN 36/2014, que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2014 para permitir que o governo faça um superávit pequeno este ano. A sessão pode ser agendada já para esta quarta-feira (26).

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247