Na CPI, Kátia Abreu diz que “Carminha e Max só na novela”

Senadora compara casal da novela das 21h com Andressa Mendonça e Cachoeira; revoltada, parlamentar do PSD também chamou depoente de "cascata"

Na CPI, Kátia Abreu diz que “Carminha e Max só na novela”
Na CPI, Kátia Abreu diz que “Carminha e Max só na novela” (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

247 – A senadora Kátia Abreu (PSD-TO) chamou a atenção na sessão de hoje da CPI do Cachoeira, primeira após o recesso do Congresso. Na primeira vez que falou, a parlamentar chamou Andressa Mendonça, mulher de Carlos Cachoeira, principal alvo de investigação da comissão, de "cascata", formando assim a dupla "Cachoeira e cascata", na companhia de seu marido.

Kátia Abreu pediu a palavra para citar uma reportagem do portal R7, que aponta que Andressa Mondença também teria um dossiê contra a senadora. Na semana passada, a mulher de Cachoeira foi detida por acusação de tentar chantagear o juiz titular do caso, Alderico Rocha Santos. Andressa teria um dossiê – segundo ela, produzido pela revista Veja – contra o magistrado, e poderia pedir a publicação caso não fossem facilitadas as negociações para a soltura de seu marido, preso desde 29 de fevereiro.

"Estou aqui na primeira fila para ouvir essa senhora cascata", disse Kátia Abreu. "Para saber quando, que horas e onde eu pedi o dinheiro da contravenção". A reportagem do portal da Record diz que Andressa estaria irritada com a senadora por suas declarações contra Cacheira. A promessa de apresentar um dossiê seria cumprida na sessão de hoje da CPI, mas Andressa se manteve calada e foi dispensada poucos minutos depois de ter entrado.

Depois da saída de Andressa da sala, Kátia Abreu voltou a fazer críticas contra a companheira de Cachoeira, comparando o casal aos personagens Carminha e Max da novela Avenida Brasil, da Rede Globo. Na trama, os dois são autores de diversas maldades e chantagens. "Carminha e Max só na novela", bradou Kátia, nervosa com o fato de Andressa ter ficado calada.

Intimidação

Kátia Abreu já havia dito, antes do início da audiência da CPI, que interpelou judicialmente Andressa por tentar intimidá-la com declarações à imprensa de que teria recebido dinheiro de Carlinhos Cachoeira para campanha. “Entrei com uma interpelação contra essa senhora, diante desses acontecimentos e da tentativa de me reter, me amedrontar”, informou. “Ela disse que eu não saia da casa de Cachoeira para pedir dinheiro para minhas campanhas. Pelo jeito a bela resolveu ser fera”, completou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247