Não é indicação minha, diz Malta sobre Damares ocupar ministério

O senador Magno Malta (PR-ES), que chegou a ser cogitado para ser o vice de Jair Bolsonaro (PSL) e acabou sem sequer ser indicado para ocupar um cargo no futuro governo, negou ter sido o responsável pela indicação de Damares Alves, sua assessora parlamentar, para chefiar o Ministério de Mulheres, Família e Direitos Humanos; "Esclareço que ela não é uma indicação minha. É uma escolha pessoal do presidente, que convidou. Não fui comunicado, solicitado, não fui eu quem indiquei, como algumas pessoas pensam"; diz Malta em um vídeo que circula nas redes sociais

Não é indicação minha, diz Malta sobre Damares ocupar ministério
Não é indicação minha, diz Malta sobre Damares ocupar ministério (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

247 - O senador Magno Malta (PR-ES), que chegou a ser cogitado para ser o vice de Jair Bolsonaro (PSL) e acabou sem sequer ser indicado para ocupar um cargo no futuro governo, negou ter sido o responsável pela indicação de Damares Alves, sua assessora parlamentar, para chefiar o Ministério de Mulheres, Família e Direitos Humanos, pasta para a qual ele também já teve o nome cogitado.

"Esclareço que ela não é uma indicação minha. É uma escolha pessoal do presidente, que convidou. Não fui comunicado, solicitado, não fui eu quem indiquei, como algumas pessoas pensam. Não traduz a verdade. Ela é uma escolha pessoal do presidente da República. Desejo toda sorte do mundo a ela", diz Malta em um vídeo que circula nas redes sociais.

No vídeo, o parlamentar diz desejas "toda felicidade do mundo" a Damares e diz orar por Bolsonaro. "A doutora Damares é capaz, é minha assessora há muitos anos, está comigo no meu gabinete. As minhas lutas de vida, de defesa dos valores, a minha luta contra o aborto, contra as drogas, em defesa das crianças, ela tem participado disso ativamente ao longo desses anos ", disse.

"Continuo orando para que o presidente da República, Deus abençoe ele, Deus cubra ele com toda sorte e sabedoria neste novo Brasil que nós precisamos", completou.

Veja o vídeo onde o senador nega a indicação. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247