Ninguém liga para FHC

Com o PSDB cada vez mais desgastado pelo contínuo envolvimento de membros da cúpula da legenda em delações da Lava Jato e pelo apoio dado ao golpe que alçou Michel Temer ao poder, o eleitorado brasileiro quer distância de uma das principais lideranças tucanas: o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas aponta que 70% dos brasileiros não dão valor algum às opiniões de FHC a respeito das crises política e econômica; outros 40% relataram que podem até deixar de votar em alguém apoiado pelo tucano; posições de FHC só repercutem dentro do próprio PSDB e junto a grande mídia

Com o PSDB cada vez mais desgastado pelo contínuo envolvimento de membros da cúpula da legenda em delações da Lava Jato e pelo apoio dado ao golpe que alçou Michel Temer ao poder, o eleitorado brasileiro quer distância de uma das principais lideranças tucanas: o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas aponta que 70% dos brasileiros não dão valor algum às opiniões de FHC a respeito das crises política e econômica; outros 40% relataram que podem até deixar de votar em alguém apoiado pelo tucano; posições de FHC só repercutem dentro do próprio PSDB e junto a grande mídia
Com o PSDB cada vez mais desgastado pelo contínuo envolvimento de membros da cúpula da legenda em delações da Lava Jato e pelo apoio dado ao golpe que alçou Michel Temer ao poder, o eleitorado brasileiro quer distância de uma das principais lideranças tucanas: o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas aponta que 70% dos brasileiros não dão valor algum às opiniões de FHC a respeito das crises política e econômica; outros 40% relataram que podem até deixar de votar em alguém apoiado pelo tucano; posições de FHC só repercutem dentro do próprio PSDB e junto a grande mídia (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Com o PSDB cada vez mais desgastado pelo contínuo envolvimento de membros da cúpula da legenda em delações da Lava Jato e pelo apoio dado ao golpe que alçou Michel Temer ao poder, o eleitorado brasileiro quer distância de uma das principais lideranças tucanas: o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas aponta que 70% dos brasileiros não dão valor algum às opiniões de FHC a respeito das crises política e econômica. Outros 40% relataram que podem até deixar de votar em alguém apoiado pelo tucano.

Segundo o estudo, apenas 24,6% dos entrevistados responderam "sim" ao questionamento se as posições do ex-presidente "são importantes para analisar o momento político atual". Outros 5,6% não quiseram ou não souberam opinar sobre o tema.

Outros 49,4% afirmaram que não trocariam o seu voto por causa de FHC e somente 7,4% teriam mais vontade de votar em alguém apoiado por ele.

A pesquisa foi realizada junto a 2.442 brasileiros maiores de 16 anos em 162 municípios e em 26 Estados, além do Distrito Federal, entre os dias 9 e 13 de novembro. A margem de erro do levantamento é de 2% e o grau de confiança é de 95%.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247