Novo vice da Câmara será escolhido no dia 7

Sucessor de André Vargas (PT-PR) na primeira-vice-presidência da Câmara dos Deputados será eleito no dia 7 de maio, em votação secreta no plenário da Casa; inicialmente, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), havia marcado a eleição para o próximo dia 29, mas cedeu aos apelos do PT e adiou a data da escolha

Sucessor de André Vargas (PT-PR) na primeira-vice-presidência da Câmara dos Deputados será eleito no dia 7 de maio, em votação secreta no plenário da Casa; inicialmente, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), havia marcado a eleição para o próximo dia 29, mas cedeu aos apelos do PT e adiou a data da escolha
Sucessor de André Vargas (PT-PR) na primeira-vice-presidência da Câmara dos Deputados será eleito no dia 7 de maio, em votação secreta no plenário da Casa; inicialmente, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), havia marcado a eleição para o próximo dia 29, mas cedeu aos apelos do PT e adiou a data da escolha (Foto: Valter Lima)

Iolanda Lourenço, da Agência Brasil - O sucessor de André Vargas (PT-PR) na primeira-vice-presidência da Câmara dos Deputados será eleito no dia 7 de maio, em votação secreta no plenário da Casa. Inicialmente, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), havia marcado a eleição para o próximo dia 29, mas cedeu aos apelos do PT e adiou a data da escolha.

O pedido de adiamento da eleição foi feito pelo líder do PT, Vicentinho (PT-SP), porque, segundo ele, a bancada petista ainda não tinha definido o candidato para o cargo. "Desejo que isso se resolva na próxima terça-feira [29]", disse o deputado. Vicentinho informou que Alves acatou o pedido, que deverá ser formalizado à Mesa Diretora da Casa.

O PT ainda não definiu o candidato oficial, mas alguns nomes estão sendo colocados para o cargo. Vicentinho espera chegar a um nome de consenso para que não haja disputa na bancada, nem no plenário. Pelas regras da Câmara, qualquer deputado do partido poderá se inscrever como candidato avulso, já que, pelo acordo feito no início do ano passado, coube ao PT a primeira vice-presidência. O prazo para a candidatura oficial será até as 19h do dia 6 de maio, véspera da eleição.

André Vargas renunciou à vice-presidência da Câmara na semana passada, após denúncias de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247