"Nunca vi um presidente tão submisso", diz Lula sobre Bolsonaro, que está entregue ao Centrão

Segundo o petista, Bolsonaro é "submisso àquilo que tem de mais atrasado na política brasileira"

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Mauro Lopes/Brasil 247)


247 - Em entrevista coletiva à mídia independente nesta quarta-feira (19) em um hotel de São Paulo, o ex-presidente Lula (PT), favorito para vencer a eleição presidencial deste ano, de acordo com todas as pesquisas, afirmou que Jair Bolsonaro (PL) está completamente entregue ao Centrão, que domina o Congresso Nacional.

O ex-presidente ainda lembrou que Bolsonaro foi eleito com o discurso de acabar com a suposta 'velha política', mas agora cai em total contradição. "Não conheço na história da República brasileira um presidente tão submisso ao Congresso Nacional como está o Bolsonaro".

"Não é submisso a um Congresso Nacional democrático, que pensa o Brasil desenvolvido, estudado, evoluído. Não. É submisso àquilo que tem de mais atrasado na política brasileira, a ponto de subordinar o orçamento, que deve ser dirigido pelo governo federal, a um senador, eleito por um partido político da base do governo. Isso nunca tinha acontecido no Brasil", declarou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lula foi acompanhado de sua noiva, Janja, da presidente nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), e do ex-ministro Franklin Martins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email