Oposição quer acareação entre Vaccari e Barusco

CPI da Petrobras espera confrontação entre o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e o delator Pedro Barusco, que o acusou de receber dinheiro no esquema de corrupção da Petrobras; segundo a colunista Vera Magalhães, ‘doente, o ex-gerente da estatal confrontaria Vaccari e garantiria um embate "espetacular"’

CPI da Petrobras espera confrontação entre o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e o delator Pedro Barusco, que o acusou de receber dinheiro no esquema de corrupção da Petrobras; segundo a colunista Vera Magalhães, ‘doente, o ex-gerente da estatal confrontaria Vaccari e garantiria um embate "espetacular"’
CPI da Petrobras espera confrontação entre o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e o delator Pedro Barusco, que o acusou de receber dinheiro no esquema de corrupção da Petrobras; segundo a colunista Vera Magalhães, ‘doente, o ex-gerente da estatal confrontaria Vaccari e garantiria um embate "espetacular"’ (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A oposição que protagonizar uma acareação entre o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e o delator Pedro Barusco, que o acusou de receber dinheiro, na CPI da Petrobras.

Segundo a colunista Vera Magalhães, doente, o ex-gerente da estatal confrontaria Vaccari e garantiria um embate "espetacular".

Interinamente no comando da CPI da Petrobras, o primeiro vice-presidente da comissão, Antonio Imbassahy (PSDB-BA), marcou nesta terça-feira (31) o depoimento de Vaccari Neto para o próximo dia 9 de abril.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247