Oposição reúne assinaturas para CPI dos Transportes

Senador Alvaro Dias, consegue as 27 assinaturas necessrias para criar comisso parlamentar de inqurito dos Transportes; ltimas assinaturas foram de Reditario Cassol, Ricardo Ferrao, Joo Durval e Zez Perrela

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O líder do PSDB, senador paranaense Alvaro Dias, já conseguiu as 27 assinaturas necessárias para o requerimento de criação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) dos Transportes no Senado. Quatro senadores foram os últimos a assinar o pedido: Reditario Cassol (PP-RO), suplente de Ivo Cassol, Ricardo Ferraço (PMDB-ES), João Durval (PDT-BA) e Zezé Perrela (PDT-MG).

Dias vai protocolar o requerimento de abertura da investigação ainda hoje na Secretaria Geral da Casa. O objetivo é investigar as denúncias de superfaturamento de contratos e cobrança de propina nos Transportes e no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). A abertura da CPI franqueará aos parlamentares o acesso aos dados dos sigilos bancário, telefônico e fiscal dos futuros investigados.

Além das 15 assinaturas dos senadores do PSDB e DEM, o líder tucano contou com a adesão de senadores de postura independente na Casa, como Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Pedro Simon (PMDB-RS), Roberto Requião (PMDB-PR) e Ferraço. Da base aliada, também avalizaram a CPI três senadores do PDT e o senador Sérgio Petecão (PMN-AC).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email