“Os meninos da Lava Jato agiram como uma quadrilha”, diz Lula

"Esses meninos mentiram demais, abusaram da boa fé do povo, da fragilidade dos meios de comunicação, que queria destilar ódio contra o PT", afirmou o ex-presidente Lula em duras críticas à Lava Jato. "As chacotas mostravam que se comportavam como uma quadrilha"

Ex-presidente Lula, Deltan Dallagnol e Sérgio Moro
Ex-presidente Lula, Deltan Dallagnol e Sérgio Moro (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva bateu duro na Operação Lava Jato, que o condenou sem provas para prendê-lo e tirá-lo da eleição de 2018. O petista afirmou, em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar nesta quinta-feira (18), que "ninguém é contra investigar corrupção. Mas esses canalhas não estavam atrás de combater a corrupção". 

"As chacotas mostravam que se comportavam como uma quadrilha. E a Globo fica olhando para o infinito como se não fosse com ela. Ela quem pariu isso. Esses meninos mentiram demais, abusaram da boa fé do povo, da fragilidade dos meios de comunicação, que queria destilar ódio contra o PT", disse.

"Eles queriam criar uma República de Procuradores. A Suprema Corte não vai julgar só o Lula, vai julgar o direito à Justiça. É isso o que está em jogo", prosseguiu.

Segundo o ex-presidente, "a Lava jato foi construída como meio de comunicação". "Já provei minha inocência. Quero que apareça alguém da quadrilha de procuradores e diga qual foi a coisa (crime) que eu cometi", enfatizou. 

"E que fique registrado que a Rede Globo era quem amamentava esses meninos da Lava Jato. A Rede Globo nunca colocou o microfone pra mim para perguntar (se as acusações) eram verdade", disse. "Eu provei minha inocência. Eles não provaram minha culpa".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email