Ouça o momento em que Temer avaliza a compra do silêncio de Eduardo Cunha

É de fato a voz de Michel Temer que aparece no áudio com o empresário Joesley Batista, em que ele ouve o relato de que Eduardo Cunha, seu parceiro no golpe contra a democracia brasileira, vinha recebendo uma mensalinho de R$ 500 mil para se manter em silêncio; "Tem que manter isso, viu?", diz Temer a Joesley; ele precisava do silêncio de Eduardo Cunha para evitar a delação do antigo aliado e, assim, se manter no Palácio do Planalto; com a voz de Temer exposta ao público, todos os aliados devem abandoná-lo; PSDB deve desembarcar em peso nesta noite; escute

É de fato a voz de Michel Temer que aparece no áudio com o empresário Joesley Batista, em que ele ouve o relato de que Eduardo Cunha, seu parceiro no golpe contra a democracia brasileira, vinha recebendo uma mensalinho de R$ 500 mil para se manter em silêncio; "Tem que manter isso, viu?", diz Temer a Joesley; ele precisava do silêncio de Eduardo Cunha para evitar a delação do antigo aliado e, assim, se manter no Palácio do Planalto; com a voz de Temer exposta ao público, todos os aliados devem abandoná-lo; PSDB deve desembarcar em peso nesta noite; escute
É de fato a voz de Michel Temer que aparece no áudio com o empresário Joesley Batista, em que ele ouve o relato de que Eduardo Cunha, seu parceiro no golpe contra a democracia brasileira, vinha recebendo uma mensalinho de R$ 500 mil para se manter em silêncio; "Tem que manter isso, viu?", diz Temer a Joesley; ele precisava do silêncio de Eduardo Cunha para evitar a delação do antigo aliado e, assim, se manter no Palácio do Planalto; com a voz de Temer exposta ao público, todos os aliados devem abandoná-lo; PSDB deve desembarcar em peso nesta noite; escute (Foto: Leonardo Attuch)

247 – É de fato a voz de Michel Temer que aparece no áudio com o empresário Joesley Batista, em que ele ouve o relato de que Eduardo Cunha, seu parceiro no golpe contra a democracia brasileira, vinha recebendo uma mensalinho de R$ 500 mil para se manter em silêncio.

"Tem que manter isso, viu?", diz Temer a Joesley.

Temer precisava do silêncio de Eduardo Cunha para evitar a delação do antigo aliado e, assim, se manter no Palácio do Planalto.

Com a voz de Temer exposta ao público, todos os aliados devem abandoná-lo.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247