CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Para José Dirceu, procurador fez “ilações” ao pedir condenação

Por seu blog, ex-ministro diz que aguarda julgamento do STF com serenidade

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 _ O ex-ministro chefe do Gabinete Civil, José Dirceu, reagiu hoje, por meio de seu blog, ao pedido de condenação feito pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, a ele e outros 35 réus do “mensalão”. Segundo Dirceu, os argumentos do procurador “não trazem qualquer prova material ou testemunhal” nova em relação ao caso. "São meras ilações extraídas de sua interpretação peculiar sobre minha biografia", escreveu. “Vou aguardar o julgamento com serenidade, pois sei que, ao final desse doloroso processo, se imporá a justiça e cairá por terra a farsa montada contra mim”.

De acordo com as acusações elencadas por Gurgel e encaminhadas ontem ao Supremo Tribunal Federal, Dirceu pode ser condenado por formação de quadrilha e corrupção ativa a até 111 anos. O deputado João Paulo Cunha (PT-SP), também acusado, escreveu em nota que o parecer de Gurgel não traz "nenhuma novidade jurídica ou política". "Sua peça segue a orientação definida pelo antigo procurador, quando da denúncia do caso em 2006", escreveu Cunha.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO