Novo partido de extrema-direita de Bolsonaro deve se chamar "Aliança pelo Brasil"

Decidido a deixar o PSL em meio à guerra interna pelo controle de recursos e às denúncias de candidaturas laranjas, Jair Bolsonaro quer criar um novo partido. Nova legenda de extrema-direita já teria nome, "Aliança pelo Brasil", e deverá abrigar a ala bolsonarista do PSL

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Decidido a deixar o PSL em meio à guerra interna pelo controle de recursos e às denúncias de candidaturas laranjas, Jair Bolsonaro quer criar um novo partido. Segundo a revista Veja, a nova legenda de extrema-direita já teria nome: "Aliança pelo Brasil". 

A assessoria jurídica de Bolsonaro quer evitar que os parlamentares leais ao presidente deixem o partido sob risco de perderem seus mandatos, além de garantir a transferência dos recursos partidários e tempo de TV que o PSL passou a ter direito após as eleições de 2018.

O PSL recebe cerca de 100 milhões por ano do Fundo Partidário. Nas eleições municipais de 2016, ainda irá receber cerca de 400 milhões de reais para gastar em campanhas.

Jair Bolsonaro convocou deputados do PSL para uma reunião às 16h desta terça-feira (12), no Palácio do Planalto, com o objetivo de informar a sua saída da legenda. Decisão reflete a dificuldade que ele tem até de aglutinar o seu próprio partido (leia mais no Brasil 247). 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247