Patrus defende Lula e cobra mudanças no PT

Após encontro com movimentos sociais do campo, ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias comparou a situação do partido à encíclica divulgada na última semana pelo papa Francisco, sobre a renovação da igreja; ele fez referência às recentes declarações de Lula, de que petistas hoje "só pensam em cargo, em emprego, em ser eleito": 'Jesus de Nazaré, que sabia muito bem das coisas, chamou a atenção para isso. As duas grandes tentações humanas estão no dinheiro, no poder econômico, e também no poder político quando ele disse: "quem quiser ser o maior, que seja o menor e o servo de todos"'

Após encontro com movimentos sociais do campo, ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias comparou a situação do partido à encíclica divulgada na última semana pelo papa Francisco, sobre a renovação da igreja; ele fez referência às recentes declarações de Lula, de que petistas hoje "só pensam em cargo, em emprego, em ser eleito": 'Jesus de Nazaré, que sabia muito bem das coisas, chamou a atenção para isso. As duas grandes tentações humanas estão no dinheiro, no poder econômico, e também no poder político quando ele disse: "quem quiser ser o maior, que seja o menor e o servo de todos"'
Após encontro com movimentos sociais do campo, ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias comparou a situação do partido à encíclica divulgada na última semana pelo papa Francisco, sobre a renovação da igreja; ele fez referência às recentes declarações de Lula, de que petistas hoje "só pensam em cargo, em emprego, em ser eleito": 'Jesus de Nazaré, que sabia muito bem das coisas, chamou a atenção para isso. As duas grandes tentações humanas estão no dinheiro, no poder econômico, e também no poder político quando ele disse: "quem quiser ser o maior, que seja o menor e o servo de todos"' (Foto: Roberta Namour)

247 - O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, saiu em defesa do ex-presidente Lula nas críticas ao PT:

“O Partido dos Trabalhadores tem um saldo muito positivo. Temos uma história de conquistas no Brasil e tenho muito orgulho dos meus 35 anos de militância. Eu penso que agora, 35 anos depois, precisamos rever, sim. Acho um momento de reflexão. Todos nós seres humanos e nossas instituições precisamos permanentemente sacudir a poeira”, afirmou.

Após encontro com movimentos sociais do campo, ele comparou a situação do partido à encíclica divulgada na última semana pelo papa Francisco, sobre a renovação da igreja:

Ele também comentou as recentes declarações de Lula, de que petistas hoje "só pensam em cargo, em emprego, em ser eleito": ‘Jesus de Nazaré, que sabia muito bem das coisas, chamou a atenção para isso. As duas grandes tentações humanas estão no dinheiro, no poder econômico, e também no poder político quando ele disse: "quem quiser ser o maior, que seja o menor e o servo de todos". Uma instituição milenar como a Igreja, já que estamos falando de Jesus, de dois mil anos, um homem como o papa Francisco está dando um novo alento e novos horizontes a essa instituição’, acrescentou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247