Pela primeira vez, Marina usa fator racial na campanha

"Vamos eleger a primeira presidente negra do Brasil", declarou a candidata do PSB nesta sexta-feira 19, durante comício em São Bernardo do Campo, berço do sindicalismo e município onde o ex-presidente Lula iniciou sua vida política

"Vamos eleger a primeira presidente negra do Brasil", declarou a candidata do PSB nesta sexta-feira 19, durante comício em São Bernardo do Campo, berço do sindicalismo e município onde o ex-presidente Lula iniciou sua vida política
"Vamos eleger a primeira presidente negra do Brasil", declarou a candidata do PSB nesta sexta-feira 19, durante comício em São Bernardo do Campo, berço do sindicalismo e município onde o ex-presidente Lula iniciou sua vida política (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – Pela primeira vez nessa campanha à presidência, a candidata do PSB, Marina Silva, usou o fator racial para angariar votos do eleitor. "Vamos eleger a primeira presidente negra do Brasil", disse a presidenciável, durante comício realizado em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

A candidata discursou por poucos minutos sob uma garoa forte na Praça da Matriz, centro da cidade, mesmo local onde, há duas semanas, o ex-presidente Lula esteve com a presidente Dilma Rousseff em comício do PT. Na ocasião, militantes petistas lotaram a praça. Hoje, o evento reuniu cerca de 200 pessoas, boa parte de militantes pagos por candidatos a deputado.

A candidata disse ter escolhido o local para sua segunda campanha no ABC porque a praça foi "símbolo da renovação e da mudança" nas décadas de 1970 e 1980, período em que Lula liderava greves sindicais e os metalúrgicos se concentravam naquele espaço.

Ela reforçou hoje, ao lado do vice, Beto Albuquerque, e da deputada Luiza Erundina, sua fala contra as "fofocas e mentiras que o PT tem espalhado" contra ela. E voltou a atacar o partido: "O PT parou no tempo, e olha que falam sempre em renovação. Tanto que parou no tempo que estão com Sarney (PMDB), com Maluf (PP), com Collor e com o Jader Barbalho (PMDB)", disse.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email