Petistas agora atacam política monetária de Tombini

Após pedido do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff para darem voto de confiança ao ajuste fiscal do ministro Joaquim Levy, lideranças do PT agora atacam a política monetária do banco Central, dirigido por Alexandre Tombini, que pretende trazer a inflação para o centro da meta em 2016; "Tombini se fixou em 2016 e quer cumprir esse objetivo a ferro e fogo, sem avaliar as consequências sociais e políticas dessa decisão", teria dito um líder da sigla

Após pedido do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff para darem voto de confiança ao ajuste fiscal do ministro Joaquim Levy, lideranças do PT agora atacam a política monetária do banco Central, dirigido por Alexandre Tombini, que pretende trazer a inflação para o centro da meta em 2016; "Tombini se fixou em 2016 e quer cumprir esse objetivo a ferro e fogo, sem avaliar as consequências sociais e políticas dessa decisão", teria dito um líder da sigla
Após pedido do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff para darem voto de confiança ao ajuste fiscal do ministro Joaquim Levy, lideranças do PT agora atacam a política monetária do banco Central, dirigido por Alexandre Tombini, que pretende trazer a inflação para o centro da meta em 2016; "Tombini se fixou em 2016 e quer cumprir esse objetivo a ferro e fogo, sem avaliar as consequências sociais e políticas dessa decisão", teria dito um líder da sigla (Foto: Roberta Namour)

247 – Os petistas seguiram a orientação do ex-presidente Lula e o pedido da presidente Dilma Rousseff para darem uma trégua ao ajuste fiscal do ministro Joaquim Levy. Agora, o novo alvo do partido é a política monetária do banco Central, dirigido por Alexandre Tombini, que pretende trazer a inflação para o centro da meta em 2016.

Eles julgam a elevação da Selic excessiva e afirmam que estratégia poderá resultar na maior destruição de empregos da história recente do país.

"Tombini se fixou em 2016 e quer cumprir esse objetivo a ferro e fogo, sem avaliar as consequências sociais e políticas dessa decisão", atacou um líder da sigla, segundo reportagem do Valor (leia aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247