Pimenta desmente que PT discuta composição para apoiar Jovair

Deputado federal diz que são falsas as informações veiculadas na imprensa de que o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP), tem articulado um bloco com PCdoB e PDT para apoiar a candidatura de Jovair Arantes (PTB-GO), relator do processo de impeachment de Dilma; Paulo Pimenta (PT-RS) destaca que o PT aprovou por aclamação nesta tarde o apoio ao candidato do PDT, André Figueiredo (CE)

Deputado federal diz que são falsas as informações veiculadas na imprensa de que o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP), tem articulado um bloco com PCdoB e PDT para apoiar a candidatura de Jovair Arantes (PTB-GO), relator do processo de impeachment de Dilma; Paulo Pimenta (PT-RS) destaca que o PT aprovou por aclamação nesta tarde o apoio ao candidato do PDT, André Figueiredo (CE)
Deputado federal diz que são falsas as informações veiculadas na imprensa de que o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP), tem articulado um bloco com PCdoB e PDT para apoiar a candidatura de Jovair Arantes (PTB-GO), relator do processo de impeachment de Dilma; Paulo Pimenta (PT-RS) destaca que o PT aprovou por aclamação nesta tarde o apoio ao candidato do PDT, André Figueiredo (CE) (Foto: Gisele Federicce)

247 - O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) desmentiu a informação que vem sendo veiculada em reportagens na imprensa de que o líder da bancada do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini (SP), tem articulado um bloco com PCdoB e PDT para apoiar a candidatura de Jovair Arantes (PTB-GO) à presidência da Câmara dos Deputados.

"Falso. Totalmente falso. Já foi desmentido", declarou Pimenta ao 247. Jovair Arantes foi o relator do processo de impeachment de Dilma Rousseff. A militância e boa parte do PT vinham trabalhando para que o partido não apoiasse um candidato que votou a favor do golpe nas eleições do Congresso, que acontecem esta semana.

Pimenta ressaltou que, em reunião na tarde desta terça-feira 31, a bancada do PT aprovou por aclamação apoio ao candidato do PDT, André Figueiredo (CE), e afirmou que Psol e Rede discutem a possibilidade de estarem no bloco. Nesse caso, o PT ficaria fora da Mesa, ocupando, pela regra da proporcionalidade, uma suplência.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247