Pimenta: PT vai priorizar aliança com PCdoB e PSB

Líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta afirmou neste sábado, 9, que o partido irá priorizar alianças com o PCdoB e com o PSB; "O centro estratégico eleitoral do PT neste ano é a vitória nacional, é a eleição do presidente Lula. Portanto, todo debate que ocorrerá nos estados obrigatoriamente terá que estar subordinado a esta estratégia", disse Pimenta; candidatura da presidente deposta Dilma Rousseff ao Senado em Minas também é uma das questões centrais na estratégia nacional do PT; nessa sexta-feira, o PT oficializou a pré-candidatura de Lula à Presidência, num ato que reuniu líderes do partido, intelectuais e milhares de militantes em Contagem

Pimenta: PT vai priorizar aliança com PCdoB e PSB
Pimenta: PT vai priorizar aliança com PCdoB e PSB

247 - O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta, afirmou neste sábado, 9, que o partido deverá priorizar alianças com o PCdoB e com o PSB. "O que nós queremos é construir com PCdoB e com PSB uma estratégia nacional comum", disse Pimenta durante reunião da executiva nacional do PT em Belo Horizonte.

“O centro estratégico eleitoral do PT neste ano é a vitória nacional, é a eleição do presidente Lula. Portanto, todo debate que ocorrerá nos estados obrigatoriamente terá que estar subordinado a esta estratégia”, disse Pimenta. 

De acordo com ele, ainda não há definição sobre quem seria o vice neste momento. Pimenta não descartou que a pré-candidata a presidente, deputada Manuela D'Ávila seja o nome escolhido para completar a chapa de Lula, mas colocou outros nomes em discussão. "O Josué Alencar, por exemplo, seria muito importante que o PR pudesse vir para esse diálogo também. Tem outros nomes do PSB eventualmente, ou de algum outro partido. Não há uma necessidade de que esse nome seja do PT, pelo contrário, equilibra a chapa se tiver nome de outro partido."

Paulo Pimenta disse também que a candidatura da presidente deposta Dilma Rousseff ao Senado em Minas Gerais também é uma das questões centrais na estratégia nacional do PT.

Nessa sexta-feira, 8, o PT lançou a pré-candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República, num evento que reuniu os principais líderes do partidos, entre deputados, senadores, prefeitos, governadores, além de intelectuais, artistas e líderes de movimentos populares. A presidente deposta Dilma Rousseff leu um manifesto escrito por Lula, em que ele defende a esperança para o País voltar a ser feliz (leia mais).

Inscreva-se na TV 247 e assista ao Bom Dia 247 deste sábado, com Leonardo Attuch:

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247