Planalto protocola pedido de impeachment de Alexandre de Moraes no Senado

Pedido não foi levado a pé por Jair Bolsonaro ao Senado, nem atinge o ministro Luis Roberto Barroso. No documento, Bolsonaro diz que "não se pode tolerar medidas e decisões excepcionais de um ministro do STF que, a pretexto de proteger o direito, vem ruindo com os pilares do Estado Democrático de Direito"

(Foto: STF | Isac Nóbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O Palácio do Planalto protocolou o pedido de impeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes nesta sexta-feira (20).

Segundo a CNN Brasil, o documento não foi protocolado por Jair Bolsonaro, como ele havia prometido. Também não é dirigido ao ministro Luis Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cujo pedido de impedimento também havia sido anunciado por Bolsonaro. 

No documento, Bolsonaro diz que "não se pode tolerar medidas e decisões excepcionais de um ministro do Supremo Tribunal Federal que, a pretexto de proteger o direito, vem ruindo com os pilares do Estado Democrático de Direito. Ele prometeu a essa Casa e ao povo brasileiro proteger as liberdades individuais, mas vem, na prática, censurando jornalistas e cometendo abusos contra o presidente da República e contra cidadãos que vem tendo seus bens apreendidos e suas liberdades de expressão e de pensamento tolhidas".

PUBLICIDADE

Mais informações em instantes. 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email