Poder

PMDB indica nome de Sarney e Renan para TCU

Após o senador Gim Argello (PTB-DF) desistir do cargo por responder a inquéritos, peemedebistas decidiram indicar o advogado Bruno Dantas, ligado ao presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) e ao senador José Sarney (PMDB-AP), para ministro da Corte 

Após o senador Gim Argello (PTB-DF) desistir do cargo por responder a inquéritos, peemedebistas decidiram indicar o advogado Bruno Dantas, ligado ao presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) e ao senador José Sarney (PMDB-AP), para ministro da Corte  (Foto: Roberta Namour)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O PMDB quer garantir a vaga de ministro do TCU após a desistência do senador Gim Argello (PTB-DF). Ele retirou sua indicação para ocupar o cargo depois de críticas de senadores, servidores do tribunal e do próprio presidente do órgão, ministro Augusto Nardes.

O senador responde a seis inquéritos no Supremo Tribunal Federal e foi condenado em primeira e segunda instância pela Justiça do Distrito Federal –o que contrasta com a exigência de "reputação ilibada" para o cargo e com a afirmação de Gim de que "nunca" houve condenação em "absolutamente nada".

Por conta disso, o PMDB decidiu indicar o advogado Bruno Dantas, ligado ao presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) e ao senador José Sarney (PMDB-AP), para ministro da Corte.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO