Por agenda de Temer, Raquel antecipa posse

Para "conciliar-se" com a agenda de Michel Temer, a posse de Raquel Dodge no cargo de procuradora-geral da República foi confirmada para as 8 horas da manhã do dia 18, no auditório Juscelino Kubitschek, na sede da Procuradoria-Geral da República; Temer presidirá a solenidade e logo depois embarca para compromissos nos Estados Unidos

Para "conciliar-se" com a agenda de Michel Temer, a posse de Raquel Dodge no cargo de procuradora-geral da República foi confirmada para as 8 horas da manhã do dia 18, no auditório Juscelino Kubitschek, na sede da Procuradoria-Geral da República; Temer presidirá a solenidade e logo depois embarca para compromissos nos Estados Unidos
Para "conciliar-se" com a agenda de Michel Temer, a posse de Raquel Dodge no cargo de procuradora-geral da República foi confirmada para as 8 horas da manhã do dia 18, no auditório Juscelino Kubitschek, na sede da Procuradoria-Geral da República; Temer presidirá a solenidade e logo depois embarca para compromissos nos Estados Unidos (Foto: Aquiles Lins)

247 - Para "conciliar-se" com a agenda de Michel Temer, a posse de Raquel Dodge no cargo de procuradora-geral da República foi confirmada para as 8 horas da manhã do dia 18, no auditório Juscelino Kubitschek, na sede da Procuradoria-Geral da República. Temer presidirá a solenidade e logo depois embarca para compromissos nos Estados Unidos. 

Raquel foi escolhida por Temer para ocupar a cadeira número 1 do Ministério Público Federal, ocupada há quatro anos pelo atual procurador-geral Rodrigo Janot – autor de denúncia criminal contra o presidente no caso JBS.

Na eleição interna promovida pela Associação Nacional dos Procuradores da República, Raquel ficou em segundo lugar. Ela foi superada pelo candidato preferido de Janot, Nicolao Dino.

 

O Brasil 247 quer a sua ajuda para tomar decisões importantes. Participe da pesquisa

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247