Primeiro passo para a cassação de Demóstenes

Relatrio do senador Humberto Costa, que pede abertura de processo contra o parlamentar, aprovado por unanimidade pelo conselho de tica do Senado

Primeiro passo para a cassação de Demóstenes
Primeiro passo para a cassação de Demóstenes (Foto: Geraldo Magela e Pedro França/Agência Senado)

247 – Foi dado o primeiro passo para a cassação do mandato senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), na manhã desta terça-feira 8. Por unanimidade, os membros do Conselho de Ética do Senado aprovou o relatório do senador Humberto Costa (PT-PE), que pediu a abertura de processo disciplinar contra o parlamentar por envolvimento com o bicheiro Carlos Cachoeira. Foram 16 fotos a favor da abertura: 15 dos integrantes e um do presidente do conselho, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), que também preside a CPI do Cachoeira.

O presidente do Conselho, senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), negou, também em reunião nesta manhã, o pedido feito ontem pelo advogado de Demóstenes, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, de um prazo maior para refazer a defesa do parlamentar. Ele queria mais dez dias para analisar o relatório. Segundo ele, Humberto Costa centrou seu parecer numa hipótese de quebra de decoro não incluída entre as cinco citadas na representação do PSOL.

Em resposta, o relator disse que a iniciativa da defesa tem como objetivo “postergar ao máximo a apreciação da representação” pelo Conselho de Ética. Ele ressaltou também que não há “qualquer cerceamento do direito de defesa”. “O senador, diretamente ou por seus procuradores legais, já se manifestou oralmente após leitura do relatório preliminar e terá a oportunidade de se manifestar em todos os atos do processo”, disse.

Com informações da Agência Senado

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247