PSB ameaça expulsar quem votar contra denúncia de Temer

O diretório nacional do PSB fechou questão pela admissibilidade da segunda denúncia contra Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça; bancada do partido também deverá votar a favor do prosseguimento da denúncia no Plenário da Câmara; PSB tem 36 deputados; ex-deputado Beto Albuquerque, vice-presidente do PSB, está disposto a levar para o Conselho de Ética os casos dos dissidentes, e expulsá-los da legenda se não seguirem a orientação do diretório; "E não se trata de uma oportunidade de saída, para aqueles que só esperam por uma janela para migrar. O PSB vai brigar pelos mandatos dos parlamentares na Justiça", diz o colunista Lauro Jardim

O diretório nacional do PSB fechou questão pela admissibilidade da segunda denúncia contra Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça; bancada do partido também deverá votar a favor do prosseguimento da denúncia no Plenário da Câmara; PSB tem 36 deputados; ex-deputado Beto Albuquerque, vice-presidente do PSB, está disposto a levar para o Conselho de Ética os casos dos dissidentes, e expulsá-los da legenda se não seguirem a orientação do diretório; "E não se trata de uma oportunidade de saída, para aqueles que só esperam por uma janela para migrar. O PSB vai brigar pelos mandatos dos parlamentares na Justiça", diz o colunista Lauro Jardim
O diretório nacional do PSB fechou questão pela admissibilidade da segunda denúncia contra Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça; bancada do partido também deverá votar a favor do prosseguimento da denúncia no Plenário da Câmara; PSB tem 36 deputados; ex-deputado Beto Albuquerque, vice-presidente do PSB, está disposto a levar para o Conselho de Ética os casos dos dissidentes, e expulsá-los da legenda se não seguirem a orientação do diretório; "E não se trata de uma oportunidade de saída, para aqueles que só esperam por uma janela para migrar. O PSB vai brigar pelos mandatos dos parlamentares na Justiça", diz o colunista Lauro Jardim (Foto: Gisele Federicce)

247 - O diretório nacional do PSB fechou questão pela admissibilidade da segunda denúncia contra Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça. A bancada do partido também deverá votar a favor do prosseguimento da denúncia no Plenário da Câmara. O PSB tem 36 deputados.

O ex-deputado Beto Albuquerque, vice-presidente do PSB, está disposto a levar para o Conselho de Ética os casos dos dissidentes, e expulsá-los da legenda se não seguirem a orientação do diretório.

"E não se trata de uma oportunidade de saída, para aqueles que só esperam por uma janela para migrar. O PSB vai brigar pelos mandatos dos parlamentares na Justiça", diz o colunista Lauro Jardim

Ele lembra que a líder do PSB na Câmara, Tereza Cristina, é quem pode fazer substituições em comissões entre os deputados do PSB na CCJ estão Danilo Forte e Fábio Garcia, que já votaram a favor de Temer da outra vez. Tereza, inclusive, também vota com Temer.

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247