PSDB fará relatório paralelo na CPI do Cachoeira

Tucanos, liderados por Carlos Sampaio (PSDB/SP), apontam parcialidade de Odair Cunha (PT/MG) e preparam voto em separado, apontando negócios da Delta com o governo federal

PSDB fará relatório paralelo na CPI do Cachoeira
PSDB fará relatório paralelo na CPI do Cachoeira (Foto: Divulgação_Folhapress)

247 – A CPI do caso Cachoeira pode terminar com dois relatórios: o oficial, assinado pelo relator Odair Cunha (PT-MG), e o paralelo, preparado pelo tucano Carlos Sampaio (PSDB-SP). O tema foi abordado nesta terça na coluna do jornalista Claudio Humberto. Leia:

PSDB TERÁ VOTO EM SEPARADO NA CPI DO CACHOEIRA

Certos de que o relator da CPI mista do Cachoeira, Odair Cunha (PT-MG), deverá pedir o indiciamento do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), os tucanos já estão preparando voto em separado, com acusações contra os contratos firmados entre o governo federal e a Delta Construções, ligada ao bicheiro. A ordem do partido aos membros da CPI é centrar fogo na Delta a partir desta semana. 

CPI DA DELTA

O PSDB também concentra esforços no cruzamento de dados a fim de tentar descobrir vínculos da Delta com o governo federal.

PIOR QUE ESTÁ, FICA

O PSDB pediu a convocação de Íris Rezende, mas nem toca em Sérgio Cabral. Sem força na CPI, não quer comprar briga com o PMDB.

ACORDÃO

Em reação, o PMDB ameaça convocar governador Simão Jatene (PA), do PSDB, mas quer mesmo é colocar panos quentes na discussão.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247