PSDB recua e mantém apoio à candidatura de Baleia na disputa pelo comando da Câmara

Decisão do PSDB em manter o apoio à candidatura de Baleia Rossi à presidência da Câmara contou com a interferência direta de caciques da legenda tucana, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o governador de São Paulo, João Doria

(Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O PSDB decidiu manter o apoio à candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) à presidência da Câmara. De acordo com informações da CNN Brasil, a decisão de permanecer no bloco contou com a participação direta de caciques de legenda tucana, entre ele o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o governador de São Paulo, João Doria. 

As discussões sobre manter ou não o apoio tucano à candidatura de Baleia veio na esteira da decisão tomada pelo DEM de permanecer neutro na disputa pelo comando da Casa Legislativa. A posição foi aditada após o partido mostrar sinais de um racha interno, já que parte dos parlamentares queria apoiar Arthur Lira (PP-AL), que conta com a preferência do Planalto. 

O presidente da legenda, ACM Neto, e o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fizeram um forte esforço para segurar o movimento e evitar um racha, o que levou a cúpula do Democratas a assumir publicamente que não apoiaria nenhum dos postulantes. 

A saída do DEM do bloco de apoio a Baleia aumentou a pressão para que o PSDB também assumisse uma posição semelhante ou se integrasse no apoio à candidatura governista. A decisão tucana assegura um novo fôlego à campanha do emedebista, que é defendida pelo atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email