PSOL e Rede avaliam recuar de veto a alianças com partidos de direita, diz Globo; Juliano Medeiros nega

O veto foi aprovado em assembleia pela federação entre Psol e Rede e gera entraves em estados como Rio de Janeiro e São Paulo

www.brasil247.com - Heloísa Helena
Heloísa Helena (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)


247 - Reportagem do jornal O Globo noticiou nesta segunda-feira (20) que dirigentes do PSOL e da Rede Sustentabilidade avaliam recuar do veto a alianças com partidos classificados como "da velha direita neoliberal" e da base de Jair Bolsonaro, entre eles PSDB, MDB e PSD. O veto foi aprovado em assembleia pela federação entre Psol e Rede e gera entraves em estados como Rio de Janeiro e São Paulo. 

Em nota, porém, o presidente do PSOL negou o movimento. "O PSOL informa que não há qualquer debate no interior da federação PSOL/Rede sobre a revisão da politica de alianças da federação. A resolução aprovada veta o apoio a partidos da base do governo Bolsonaro e aos partidos da direita neoliberal. Casos em que esses partidos declararem apoio a candidatos de esquerda com os quais PSOL e Rede estiverem aliados, serão analisados pontualmente", diz o texto assinado pelo presidente do PSOL, Juliano Medeiros.

No Rio de Janeiro, Marcelo Freixo (PSB), apoiado pela federação Psol/Rede, tem conversas avançadas para que César Maia (PSDB) seja vice na chapa pelo governo. O diretório estadual do partido já se posicionou contra a aliança com os tucanos. Em São Paulo, a candidatura de Fernando Haddad (PT), também apoiada pelo PSOL, vem tentando atrair o PSD.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com a resolução sobre a política de alianças da federação Psol/Rede, aprovada no dia 9 de junho, estão vetadas alianças eleitorais nos estados “com partidos da base de apoio a Bolsonaro, tais como PL, PP, PR, PTB, PSD e outros”. Além disso, a federação proíbe coligações “com os velhos partidos da direita neoliberal, como MDB, PSBD, União Brasil, Podemos, Avante e Novo". 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A vice-presidente da federação, Heloísa Helena (Rede), afirmou que até o momento as alianças das chapas com PSDB e PSD ainda não foram negociadas entre as partes. "Minha mãe sempre dizia 'Cada dia com sua agonia'. Portanto, quando o assunto for tratado entre candidaturas e a federação, o assunto será debatido", disse ela. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email