PT avalia pedir CPI para apurar consultoria de Moro à Alvarez & Marsal

Líder do PT na Câmara, deputado Reginaldo Lopes (MG) diz avaliar a situação com o secretário e presidenta do partido, Gleisi Hoffmann

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters | Reprodução)


247 - O PT avalia pedir investigação parlamentar, através de uma CPI, para apurar a consultoria do ex-juiz parcial Sergio Moro à Alvarez & Marsal, empresa que lucrou com as empresas quebradas pela Lava Jato. Moro foi contratado pela consultoria depois de ter sido juiz de casos que levaram essas empresas a situações de quase falência.

Na quinta-feira (20), o Tribunal de Contas da União, através do ministro Bruno Dantas, decidiu retirar o sigilo dos documentos relacionados ao salário de Moro. O líder do PT na Câmara, deputado Reginaldo Lopes (MG), solicitou formalmente que o TCU compartilhe o processo que investiga Moro.

“Acabei de ligar para o deputado Paulo Teixeira, secretário-geral do PT. Ele falou que vai pedir uma CPI. Vou me reunir com ele e a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, para avaliar a situação”, afirmou o parlamentar, segundo o  jornalista Guilherme Amado, do Metrópoles.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja os valores recebidos pela Alvarez & Marsal

Segundo a tabela de pagamentos feitos à Alvarez & Marsal no Brasil como administradora judicial, a que o Brasil 247 teve acesso, 75% deles são provenientes de empresas quebradas pelas investigações da Lava Jato, que tinha em Sérgio Moro o juiz principal, na 13ª Vara Federal de Curitiba.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Grupo Odebrecht é o principal cliente. A Alvarez & Marsal recebeu por mês R$ 1 milhão da Odebrecht e da Atvos (antiga Odebrecht Agroindustrial). Além disse, a empresa também auferiu R$ 150 mil da Galvão Engenharia; R$ 115 mil do Estaleiro Enseada (que tem como sócias Odebrecht, OAS e UTC); e R$ 97 mil da OAS.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email