PT fará ato de desagravo ao ex-presidente Lula

O Partido dos Trabalhadores já elabora um documento que será uma espécie de desagravo em relação ao ex-presidente Lula, que, ontem, completou 70 anos, em razão da recente investida do Judiciário contra um de seus filhos, Luis Claudio Lula da Silva; segundo dirigentes do PT, trata-se de mais uma "tentativa de criminalização" do partido; “Isso é o medo de Lula voltar em 2018. Tudo o que acontece com o presidente Lula vira manchete. Não tem nenhuma acusação contra ele. Tem tanta gente acusada que fica perambulando pelo país”, disse o deputado José Guimarães (PT-CE), um dos defensores da proposta

O Partido dos Trabalhadores já elabora um documento que será uma espécie de desagravo em relação ao ex-presidente Lula, que, ontem, completou 70 anos, em razão da recente investida do Judiciário contra um de seus filhos, Luis Claudio Lula da Silva; segundo dirigentes do PT, trata-se de mais uma "tentativa de criminalização" do partido; “Isso é o medo de Lula voltar em 2018. Tudo o que acontece com o presidente Lula vira manchete. Não tem nenhuma acusação contra ele. Tem tanta gente acusada que fica perambulando pelo país”, disse o deputado José Guimarães (PT-CE), um dos defensores da proposta
O Partido dos Trabalhadores já elabora um documento que será uma espécie de desagravo em relação ao ex-presidente Lula, que, ontem, completou 70 anos, em razão da recente investida do Judiciário contra um de seus filhos, Luis Claudio Lula da Silva; segundo dirigentes do PT, trata-se de mais uma "tentativa de criminalização" do partido; “Isso é o medo de Lula voltar em 2018. Tudo o que acontece com o presidente Lula vira manchete. Não tem nenhuma acusação contra ele. Tem tanta gente acusada que fica perambulando pelo país”, disse o deputado José Guimarães (PT-CE), um dos defensores da proposta (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O Partido dos Trabalhadores já elabora um documento que será uma espécie de desagravo em relação ao ex-presidente Lula, que, ontem, completou 70 anos. O motivo é a mais recente investida do Judiciário contra um de seus filhos, Luis Claudio Lula da Silva, que, na segunda-feira, foi alvo da segunda fase da Operação Zelotes.

Segundo dirigentes do PT, trata-se de mais uma "tentativa de criminalização" do partido e o documento servirá como base para uma resolução partidária que condenará supostos excessos do Ministério Público e da própria Polícia Federal.

“Isso é o medo de Lula voltar em 2018. Tudo o que acontece com o presidente Lula vira manchete. Não tem nenhuma acusação contra ele. Tem tanta gente acusada que fica perambulando pelo país”, disse o deputado José Guimarães (PT-CE), um dos defensores da proposta.

Guimarães afirma, ainda, que o legado de Lula, além de tirar milhões de pessoas da miséria, é também de 'honradez'.

Além de fazer a defesa de Lula, potencial candidato à presidência em 2018, o documento também irá defender, novamente, mudanças na política econômica. Ontem, o ministro Joaquim Levy reviu as projeções internas e passou a prever queda de 2,8% do PIB em 2015.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247