Recife é uma questão de honra, diz Falcão

Presidente nacional do PT, Rui Falcão reforça o sentimento do partido de que a capital pernambucana é prioritária para a legenda e critica a aliança entre o governador Eduardo Campos (PSB) e Jarbas Vasconcelos (PMDB); declarações foram publicadas no Jornal do Commercio deste domingo (5)

Recife é uma questão de honra, diz Falcão
Recife é uma questão de honra, diz Falcão (Foto: Ricardo Weg/PT)

Raphael Coutinho _PE247 – O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, reforçou, em entrevista ao Jornal do Commercio deste domingo (5), que o sentimento do partido é de não abrir mão do Recife nas próximas eleições. O dirigente avalia que a disputa entre PT e PSB na capital pernambucana já é uma prévia do que poderá ocorrer em 2014, nas eleições nacionais. Falcão também comentou da aliança entre o governador Eduardo Campos (PSB) com o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) e disse que para o PT, o Recife é prioridade.

“É uma questão de honra para nós ganhar a eleição em Recife. Nosso objetivo hoje é crescer nacionalmente, manter a maior parte das prefeituras que temos, reconquistar algumas das que perdemos e aumentar significativamente o número de vereadores. Esse é o nosso objetivo. E Recife, São Paulo, Fortaleza e Belo Horizonte são prioritárias. Vamos jogar muito peso nessas campanhas”, reforçou.

Rui Falcão também disse achar estranho o comportamento do PSB em determinadas cidade, principalmente no Recife “Eu lamento que o PSB tenha rompido a Frente Popular no Recife. Não é um rompimento nacional, já que o PSB continua integrando a base de apoio da presidente Dilma. Mas houve um rompimento também por parte do PSB em Fortaleza e um rompimento de palavra por parte do prefeito de Belo Horizonte, nesse caso é um prefeito sem palavra, não é o PSB nacional”, disse.

Entretanto, o presidente nacional do PT enxerga a intenção do PSB em lançar um projeto nacional, com o governador Eduardo Campos à frente. ”Essas três disputas (Recife, Belo Horizonte e Fortaleza) viraram uma prioridade nacional para o PT. O que vai pela cabeça do governador não consigo adivinhar agora. Mas percebo que há uma intenção clara do PSB de crescer, o que é legítimo. Mas no caso do Nordeste, crescer em cima do PT, em prefeituras que nós já governamos. Isso é nítido”, criticou.

Por fim, Falcão também comentou sobre a recente aliança entre Eduardo e Jarbas, desafetos políticos até pouco tempo. O que nos causou estranheza e cria muitas dificuldades, inclusive, é essa aliança com o Jarbas Vasconcelos. Eu li umas declarações do candidato a vereador, que é filho dele (de Jarbas), dizendo que, na medida em que o governador e o PSB rompem com o PT, eles se sentem à vontade para se aproximar do governador”, concluiu.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247