Renan é cada vez mais favorito no Senado

Força do senador alagoano para suceder José Sarney cresce à medida em que também avança insatisfação da base aliada com o governo Dilma

Renan é cada vez mais favorito no Senado
Renan é cada vez mais favorito no Senado (Foto: Agência Senado/Divulgação)

247 – Dilma Rousseff já sinalizou que seu candidato à presidência do Senado em 2013, na sucessão de José Sarney, é o ministro Edison Lobão, em quem confia. Foi o bastante para cresceram as chances de Renan Calheiros, em quem ela não confia. Leia, abaixo, a análise de Claudio Humberto:

RENAN GANHA FORÇA NO SENADO POR CONTRARIAR DILMA

À medida que crescem insatisfações da base aliada com a presidente Dilma Rousseff, consolida-se a candidatura do líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), à sucessão de José Sarney no Senado. Na avaliação de senadores que já foram contra Renan na presidência, o fato de Dilma haver explicitado preferência pelo ministro Edison Lobão (Minas e Energia) aumenta, na base, o número de votos ao líder peemedebista.

MAL-ESTAR

O ministro Edison Lobão (Minas e Energia) ficou em situação de desconforto com a bancada após Dilma antecipar essa discussão.

CONSENSO 

Edison Lobão admite a ideia de disputar o Senado, o que o ajudaria na campanha para o governo do Maranhão em 2014. Mas só com acordo.

CONCORRENTES

Caso Renan não saia candidato, três já estão na fila, além de Edison Lobão: Eunicio Oliveira (CE), Vital do Rêgo (PB) e Luiz Henrique (SC).

TEM URGÊNCIA

O líder Renan Calheiros quer que a bancada do PMDB decida ainda em setembro o nome que disputará a Presidência do Senado.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247