CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Renan é contra cinco anos de mandato para senador

Para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o "ideal" é que o mandato de senador permaneça de oito anos; "O difícil é compatibilizar o fim da reeleição com a duração do mandato porque cinco anos incentivaria mais o fim da reeleição, mas o mandato de senador, por exemplo, o ideal é que fique em oito anos. Nós vamos ouvir a Casa, saber o que a Casa pensa", disse Renan; os deputados decidiram ontem fixar em cinco anos o mandato para presidente da República, governador, prefeito, senador, deputado federal, deputado estadual e vereador

Imagem Thumbnail
Para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o "ideal" é que o mandato de senador permaneça de oito anos; "O difícil é compatibilizar o fim da reeleição com a duração do mandato porque cinco anos incentivaria mais o fim da reeleição, mas o mandato de senador, por exemplo, o ideal é que fique em oito anos. Nós vamos ouvir a Casa, saber o que a Casa pensa", disse Renan; os deputados decidiram ontem fixar em cinco anos o mandato para presidente da República, governador, prefeito, senador, deputado federal, deputado estadual e vereador (Foto: Aquiles Lins)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Karine Melo, da Agência Brasil - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), se manifestou contrário a redução do mandato de senador. Para ele o "ideal" é que o mandato permaneça de oito anos.

Ontem, os deputados decidiram fixar em cinco anos o mandato para presidente da República, governador, prefeito, senador, deputado federal, deputado estadual e vereador. A ampliação de quatro para cinco anos nos demais cargos seria uma maneira de "compensar" o fim da reeleição para mandatos do Executivo, já aprovado pelos deputados.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"O difícil é compatibilizar o fim da reeleição com a duração do mandato porque cinco anos incentivaria mais o fim da reeleição, mas o mandato de senador, por exemplo, o ideal é que fique em oito anos. Nós vamos ouvir a Casa, saber o que a Casa pensa", disse Renan.

Para que a proposta saia do papel ainda terá um longo caminho pela frente. Além de mais um turno de votação na Câmara, o texto precisa ser apreciado pelos senadores, também em dois turnos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO