Renan volta a reclamar de recados de Cunha, da cadeia, para Temer

Ex-presidente do Senado e líder do PMDB na Casa, Renan Calheiros (AL), voltou a reclamar dos recados que o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), continua a passar apesar de estar preso em Curitiba (PR), no âmbito da Operação Lava Jato; segundo Renan, era preciso definir uma regra de maneira que ""quem entrasse na cadeia para falar com Cunha, não poderia sair"; afirmação é uma referência a visita feita pelo deputado Carlos Marum (PMDB-MS) ao ex-parlamentar que, conforme Renan, foi, junto com o advogado, "trazer recados" para Michel Temer

eduardo cunha
renan calheiros
eduardo cunha renan calheiros (Foto: Paulo Emílio)

247 - O ex-presidente do Senado e líder do PMDB na Casa, Renan Calheiros (AL), voltou a reclamar dos recados que o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), continua a passar apesar de estar preso em Curitiba (PR), no âmbito da Operação Lava Jato. Segundo Renan, era preciso definir uma regra de maneira que ""quem entrasse na cadeia para falar com Cunha, não poderia sair". A afirmação é uma referência a visita feita pelo deputado Carlos Marum (PMDB-MS) ao ex-parlamentar que, conforme Renan, foi, junto com o advogado, "trazer recados" para Michel Temer.

O desconforto de Renan com a situação aconteceu neste domingo (12), durante um almoço na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do qual participaram parlamentares de vários partidos, além do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dentre outros assuntos, foi foram discutidos pontos como a criação de uma minirreforma eleitoral, que deverá ser votada em cinco meses para que possa valer já partir das próximas eleições e o abrandamento para o crime de caixa 2 no financiamento de campanhas eleitorais.

Sobre a possibilidade de paralisação do Congresso em função da lista elaborada pelo procurador geral da República, Rodrigo Janot, que tem como base as delações premiadas de ex-executivos da empreiteira Odebrecht, Renan foi enfático. "Rapaz, não tem agenda! Se essa lista te paralisar você morre! É preciso continuar trabalhando, ninguém pode parar de fazer política", afirmou.

 

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247