Repudiado pelos brasileiros, Bolsonaro compara Datafolha ao Papai Noel

Com a popularidade derretendo cada vez mais, Jair Bolsonaro (PSL) criticou pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2) que apontou o aumento de sua reprovação, inclusive entre os mais ricos. “Alguém acredita no Datafolha? Você acredita em Papai Noel? Outra pergunta”, disse ele ao deixar o Palácio da Alvorada

(Foto: Reuters)

247 - Jair Bolsonaro (PSL) criticou pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2) que apontou o aumento de sua reprovação, inclusive entre os mais ricos. “Alguém acredita no Datafolha? Você acredita em Papai Noel? Outra pergunta”, disse ele ao deixar o Palácio da Alvorada.

De acordo com o levantamento, a reprovação dele aumentou de 33% para 38% em relação ao levantamento anterior do instituto, feito no começou de julho. Entre as pessoas com renda mensal acima de 10 salários mínimos, a aprovação caiu de 52% em julho para 37% agora. 

“De vez em quando, quando a pesquisa não é politica, há uma tendência de fazer a coisa certa. Há uma tendência”, disse o ocupante do Planalto.

A pesquisa também apontou que, se o segundo turno da eleição presidencial fosse hoje, Fernando Haddad (PT) teria 42% dos votos, contra 36% de Jair Bolsonaro (confira aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247