Rui Falcão: só haverá paz se não houver golpe

Em vídeo postado no Facebook, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, pediu que militantes do partido e defensores do governo Dilma continuem mobilizados para impedir que a petista sofra um impeachment; o dirigente destacou que mais de um milhão de pessoas saíram às ruas em diversas cidades pelo País e, segundo ele, não foram apenas petistas que foram às manifestações; "A estabilidade se dá com o fim do golpe, com o fim do impeachment e com as mudanças da política econômica que temos apontado", acrescentou

Presidente do PT, Rui Falcao, durante entrevista à Reuters, em Brasília. 29/07/2014. REUTERS/Ueslei Marcelino
Presidente do PT, Rui Falcao, durante entrevista à Reuters, em Brasília. 29/07/2014. REUTERS/Ueslei Marcelino (Foto: Leonardo Lucena)

247 - Em vídeo postado no Facebook, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, pediu que militantes do partido e defensores do governo Dilma Rousseff (PT) continuem mobilizados para impedir que a petista sofre um impeachment.

O dirigente destacou que mais de um milhão de pessoas saíram às ruas nesta sexta-feira (18) em diversas cidades pelo País, o que foi um "esforço de mobilização, compromisso com a democracia, com o nosso governo, nosso projeto e defesa do presidente Lula".

Segundo Rui, não foram apenas petistas que foram às manifestações. "Todos aqueles que têm compromissos com a democracia, contra o golpe, também deram uma demonstração de solidariedade, de resistência e de luta", acrescentou.

De acordo com o presidente do PT, não há estabilidade no País "com a tentativa de deposição do nosso governo." "A estabilidade se dá com o fim do golpe, com o fim do impeachment e com as mudanças da política econômica que temos apontado".

Falcão pediu para que os militantes fiquem atentos aos comunicados do partido, sobretudo na página do PT no Facebook, o que é importante inclusive para evitar a propagação de boatos. Ele reforçou que no próximo dia 31 há uma mobilização programada e a Frente Brasil Popular discute a manutenção dessa data e a realização de novos eventos.

Ao fim do seu discurso, Falcão enfatizou: "Um grande abraço. Vamos à luta e à resistência".

 
 
 
-

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247