Sem convite, Temer não irá a abertura dos trabalhos do Judiciário no STF

Por falta de convite, Michel Temer não comparecerá a abertura dos trabalhos do ano do Judiciário nesta quarta-feira (1); Temer havia manifestado o desejo de participar do evento para, segundo interlocutores, demonstrar a harmonia entre os Poderes; apesar disso, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, optou por realizar uma cerimônia fechada; Temer também é citado em diversas delaçõs premiadas no âmbito da Lava Jato, cujo relator será definido pelo STF; nesta quainta-feira (2), porém, Temer deverá ir ao Congresso para a sessão de abertura dos trabalhos do Legislativo

Brasília - DF, 05/10/2016. Presidente Michel Temer durante visita protocolar ao Supremo Tribunal Federal pela data de Aniversário da Constituição Federal. Foto: Beto Barata/PR
Brasília - DF, 05/10/2016. Presidente Michel Temer durante visita protocolar ao Supremo Tribunal Federal pela data de Aniversário da Constituição Federal. Foto: Beto Barata/PR (Foto: Paulo Emílio)

247 - Por falta de convite, Michel Temer não comparecerá a abertura dos trabalhos do ano do Judiciário nesta quarta-feira (1). Temer havia manifestado o desejo de participar do evento para, segundo interlocutores, demonstrar a harmonia entre os Poderes. Apesar disso, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, optou por realizar uma cerimônia fechada que contará com homenagens ao ministro Teori Zavascki, falecido em um acidente aéreo no dia 19 de janeiro, no litoral do Rio de Janeiro. "Ninguém vai à casa dos outros sem ser convidado", disse um interlocutor.

Nesta quarta-feira, o STF deverá decidir, por sorteio, o relator dos processos referentes a Operação Lava Jato, que estava sob responsabilidade de Teori. Temer deverá indicar o substituto para a vaga que era de Teori somente após esta definição.

Nesta quinta-feira (2), porém, Temer deverá ir ao Congresso para a sessão de abertura dos trabalhos do Legislativo. Uma das metas da visita é assegurar a aprovação de medidas consideradas fundamentais para o governo, como a Reforma da Previdência.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247