"Ser grosso, falar palavrão, insensível...", diz Bolsonaro sobre si. Para ele, STF não tem do que acusá-lo

Em Jurucutu, Rio Grande do Norte, onde inaugurou uma barragem, Jair Bolsonaro disse ser “democrata” e atacou o Poder Judiciário, em especial o STF

www.brasil247.com -


247, com Metrópoles –  Ao discursar durante ato de inauguração da barragem Oiticica em Jurucutu, sertão do Rio Grande do Norte, Jair Bolsonaro se disse perseguido pelo Poder Judiciário. Em especial, pelo Supremo Tribunal Federal. “Não têm do que nos acusar”, afirmou, para então iniciar a narração de um auto-retrato: “A não ser, ser grosso, falar palavrão, (ser) insensível, não é democrata…”. Neste ponto do discurso, fez uma pausa e mirou a plateia. Depois, seguiu: “Eu não prendi nenhum deputado, eu não desmonetizei página de ninguém, eu não ameaço ninguém, mesmo os que me ofendem, os que me atacam”, disse, num claro recado passado do alto de um palanque para o ministro Alexandre de Moraes, do STF, que investiga produção de mentiras (fake news) nas redes bolsonaristas e os ataques antidemocráticos do último 7 de Setembro convocados por Bolsonaro com a pretensão de perpetrar um golpe contra as instituições. “E se (eu) tiver algo contra alguém, será no campo da injúria, da calúnia, da difamação. Nunca da prisão”, afirmou – e mentindo. A Polícia Militar do Distrito Federal e a segurança presidencial já detiveram ao menos três manifestantes, impedindo-os de protestar contra Bolsonaro e colocando-os em regime provisório de prisão.

Assista ao vídeo:

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email