CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Será, Serra? "Sim, vou ficar o mandato inteiro"

Depois de queda nas pesquisas de intenção de voto ter sido atribuída, entre outras coisas, à desconfiança do eleitor, tucano abre seu programa desta segunda-feira na tevê dizendo que fica e justificando por que não cumpriu a mesma promessa no passado; para ele, agora é diferente; dá para acreditar?

Será, Serra? "Sim, vou ficar o mandato inteiro" (Foto: Brazil Photo Press/Folhapress)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - "Vira e mexe, me perguntam na rua: ô, Serra, se você ganhar, você vai ficar 4 anos?", abriu seu programa de propaganda eleitoral na tevê o candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, nesta segunda-feira. E, depois de explicar por que não manteve a promessa de completar os quatro anos do mandato em 2006, respondeu: "Sim, vou ficar o mandato inteiro e vou dar o melhor de mim. Vou fazer muito para São Paulo".

Serra repetiu durante a propaganda o motivo por que deixou a Prefeitura de São Paulo em 2006, apesar de ter assinado um documento prometendo que não o faria. "Em 2006, o (governador Geraldo) Alckmin não podia mais se reeleger e o Estado corria o risco de cair nas mãos do PT. Por isso eu fui para a disputa de governador. Você me entendeu e me elegeu", disse o tucano.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Serra criticou a gestão da hoje senadora Marta Suplicy (2001-2004) para dizer que não podia deixar o Estado de São Paulo ser governado pelo PT, mesmo discurso que embasou sua candidatuta à Prefeitura da capital paulista neste ano. Segundo ele, contudo, agora as coisas são diferentes. "O momento é outro na minha vida e na minha cidade. O Geraldo Alckmin tem mais dois anos e ainda pode se reeleger", disse.

A nova promessa de Serra aparece depois de uma significativa queda de cinco pontos na pesquisa Datafolha de intenção de voto, que o apontou com 22%, em segundo lugar, e com 43% de rejeição. Entre os motivos mais citados para sua rejeição estão a reprovação ao prefeito Gilberto Kassab (PSD), que o apoia e cujo governo Serra não tem qualquer constragimento em defender, e o fato de o tucano ter renunciado à prefeitura após ter prometido cumprir todo o mandato.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

E aí? Desta vez, dá para acreditar?

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO