Tasso diz que PSDB ainda pode abandonar Temer

"Ninguém votou para ficar no governo até o fim", disse o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), dois dias depois da decisão da cúpula tucana de continuar dando apoio a Michel Temer

Em pronunciamento na tribuna do Senado, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).
Em pronunciamento na tribuna do Senado, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) insinuou, nesta quarta-feira, que os tucanos ainda podem abandonar Michel Temer. "Ninguém votou para ficar no governo até o fim", disse ele, a Catarina Alencastro e Maria Lima.

"Em nenhum momento pedimos o impeachment de Temer ou Diretas Já. O que pregamos é ficarmos mais desligados do governo do toma lá da cá, do fisiologismo. (Que) nós deveríamos discutir (um novo modelo de presidencialismo) fora do governo", afirmou.

Ele também negou que o apoio do PSDB a Temer tenha sido uma moeda de troca para evitar a cassação do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG). "Ninguém chegou a insinuar algo nesse sentido comigo. Seria uma atitude política muito rasteira."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247