Temer: derrota de Lula nas urnas 'pacificaria' o País

Michel Temer afirmou que gostaria que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disputasse as eleições de outubro e fosse derrotado no voto, alegando que uma derrota do petista nas urnas "pacificaria" o país; segundo ele, o fato de Lula provavelmente ficar fora das eleições por ter sido condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro "tensiona" o país; o emedebista disse, ainda, que está satisfeito com o que tem feito em seu governo, mas que deseja ter um candidato para defender o seu legado nas eleições

Michel Temer afirmou que gostaria que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disputasse as eleições de outubro e fosse derrotado no voto, alegando que uma derrota do petista nas urnas "pacificaria" o país; segundo ele, o fato de Lula provavelmente ficar fora das eleições por ter sido condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro "tensiona" o país; o emedebista disse, ainda, que está satisfeito com o que tem feito em seu governo, mas que deseja ter um candidato para defender o seu legado nas eleições
Michel Temer afirmou que gostaria que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disputasse as eleições de outubro e fosse derrotado no voto, alegando que uma derrota do petista nas urnas "pacificaria" o país; segundo ele, o fato de Lula provavelmente ficar fora das eleições por ter sido condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro "tensiona" o país; o emedebista disse, ainda, que está satisfeito com o que tem feito em seu governo, mas que deseja ter um candidato para defender o seu legado nas eleições (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O presidente Michel Temer afirmou nesta segunda-feira, em entrevista à rádio Bandeirantes, que gostaria que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disputasse as eleições de outubro e fosse derrotado no voto, alegando que uma derrota do petista nas urnas "pacificaria" o país.

Para Temer, o fato de Lula provavelmente ficar fora das eleições por ter sido condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro "tensiona" o país.

Temer afirmou, ainda, que está satisfeito com o que tem feito em seu governo, mas que deseja ter um candidato para defender o seu legado nas eleições de outubro.

Por Lisandra Paraguassu

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247