Temer diz que Wagner Rossi conseguiu avião da JBS

Declaração teria sido feita a peemedebistas, de acordo com a jornalista Andréia Sadi, da Globonews; segundo ela, Michel Temer pediu em 2011 ao então ministro da Agricultura para que conseguisse um avião a fim de levar ele e sua família à Bahia; um de seus principais aliados, Rossi teria então pedido a aeronave da JBS

Declaração teria sido feita a peemedebistas, de acordo com a jornalista Andréia Sadi, da Globonews; segundo ela, Michel Temer pediu em 2011 ao então ministro da Agricultura para que conseguisse um avião a fim de levar ele e sua família à Bahia; um de seus principais aliados, Rossi teria então pedido a aeronave da JBS
Declaração teria sido feita a peemedebistas, de acordo com a jornalista Andréia Sadi, da Globonews; segundo ela, Michel Temer pediu em 2011 ao então ministro da Agricultura para que conseguisse um avião a fim de levar ele e sua família à Bahia; um de seus principais aliados, Rossi teria então pedido a aeronave da JBS (Foto: Gisele Federicce)

247 - Depois de negar ter voado em um jato da empresas JBS, e depois admitir o voo, mas negar que soubesse quem era o dono da aeronave, Michel Temer admitiu a peemedebistas que quem conseguiu o avião foi o então ministro da Agricultura, Wagner Rossi, um de seus principais aliados.

A informação é da jornalista Andréia Sadi, da Globonews. Em seu blog no G1, ela diz ter apurado que, após a solicitação de Temer, Rossi pediu então à JBS o avião, que foi usado pelo então vice-presidente em janeiro de 2011 para levá-lo, junto com sua família, a Comandatuba, na Bahia. Foi Rossi quem apresentou o empresário Joesley Batista a Temer.

A aeronave cujo voo Michel Temer não pagou e cujo dono ele diz que desconhecia à época tinha como prefixo o nome da companhia: "JBS-PR". Segundo o empresário Joesley Batista, Temer telefonou a ele para agradecer flores que foram enviadas a sua esposa, Marcela.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247