Temer pedirá a Lula para "conter pressão das ruas"

Michel Temer deve procurar o ex-presidente Lula assim que o Senado admitir o processo de impeachment de Dilma Rousseff; segundo a colunista Natuza Nery, em conversas reservadas, o vice tem dito que a contribuição do PT “seria de extrema importância” para garantir estabilidade a um novo governo; “na avaliação do PMDB, o petista é fundamental para segurar a pressão das ruas”, diz; por outro, Lula sabe que terá dificuldade para se posicionar contra a agenda econômica de Temer, já que Henrique Meirelles era seu nome para a Fazenda há tempos

Michel Temer deve procurar o ex-presidente Lula assim que o Senado admitir o processo de impeachment de Dilma Rousseff; segundo a colunista Natuza Nery, em conversas reservadas, o vice tem dito que a contribuição do PT “seria de extrema importância” para garantir estabilidade a um novo governo; “na avaliação do PMDB, o petista é fundamental para segurar a pressão das ruas”, diz; por outro, Lula sabe que terá dificuldade para se posicionar contra a agenda econômica de Temer, já que Henrique Meirelles era seu nome para a Fazenda há tempos
Michel Temer deve procurar o ex-presidente Lula assim que o Senado admitir o processo de impeachment de Dilma Rousseff; segundo a colunista Natuza Nery, em conversas reservadas, o vice tem dito que a contribuição do PT “seria de extrema importância” para garantir estabilidade a um novo governo; “na avaliação do PMDB, o petista é fundamental para segurar a pressão das ruas”, diz; por outro, Lula sabe que terá dificuldade para se posicionar contra a agenda econômica de Temer, já que Henrique Meirelles era seu nome para a Fazenda há tempos (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Michel Temer deve procurar o ex-presidente Lula assim que o Senado admitir o processo de impeachment de Dilma Rousseff. Segundo a colunista Natuza Nery, em conversas reservadas, o vice tem dito que a contribuição do PT “seria de extrema importância” para garantir estabilidade a um novo governo. “Na avaliação do PMDB, o petista é fundamental para segurar a pressão das ruas”, diz.

Por outro, Lula sabe que terá dificuldade para se posicionar contra a agenda econômica de Temer, já que Henrique Meirelles era seu nome para a Fazenda há tempos. Segundo ela, é consenso no PT que o partido será cobrado se, no Congresso, votar contra medidas que resgatem a economia brasileira da UTI. “Não se pode mais dividir a sociedade entre nós e eles”, diz um interlocutor do vice.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247