Temer quer fazer pronunciamento na TV, mas descarta que seja por denúncia

Michel Temer afirmou que deve fazer um pronunciamento à nação, mas negou que seja para se defender de uma eventual nova denúncia da PGR contra ele; "Andaram dizendo aí que eu ia dar pronunciamento pra justificar a denúncia. Não tem nada disso", disse acrescentando que "possivelmente vai fazer um pronunciamento à nação como chefe de Estados expectativas em torno de uma terceira denúncia contra Temer cresceram depois que amigos dele foram presos pela PF no âmbito das investigações sobre irregularidades no setor portuário

temer
temer (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O presidente Michel Temer afirmou na noite de terça-feira que deve fazer um pronunciamento à nação, mas negou que seja para se defender de uma eventual nova denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra ele.

"Andaram dizendo aí que eu ia dar pronunciamento pra justificar a denúncia. Não tem nada disso", disse Temer a repórteres após participar de jantar com parlamentares de seu partido, o MDB, acrescentando que "possivelmente vai fazer um pronunciamento à nação como chefe de Estado".

As expectativas em torno de uma terceira denúncia da PGR contra Temer cresceram depois que amigos do presidente foram presos pela Polícia Federal no fim de março em um desdobramento do inquérito que apura supostas irregularidades em mudanças de regras portuárias.

Nesse inquérito, Temer é investigado ao lado de aliados sob suspeita de corrupção passiva e lavagem de dinheiro na edição do decreto para prorrogar os contratos de concessão e arrendamento portuários.

Temer nega ter cometido qualquer irregularidade.

No jantar com parlamentares na noite de terça, Temer disse ainda que seu desejo é que todos os deputados e senadores do MDB sejam reeleitos na eleição de outubro, e que o partido também possa eleger governadores "e, eventualmente, o presidente da República".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247