Temer vai lançar programa social para crianças até três anos

Governo interino deve lançar nos próximos dias o Criança Feliz, destinado a atender todos os filhos de beneficiários do Bolsa Família com idade até três anos; programa social terá um custo de R$ 2 bilhões por ano e pretende contratar cerca de 80 mil pessoas com ensino médio para fazer o atendimento presencial aos beneficiários; além do atendimento às crianças, o programa pretende acompanhar gestantes; "Vamos focar o desenvolvimento das habilidades e competências nos primeiros anos de vida para que essas crianças tenham um futuro melhor", disse o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra

Governo interino deve lançar nos próximos dias o Criança Feliz, destinado a atender todos os filhos de beneficiários do Bolsa Família com idade até três anos; programa social terá um custo de R$ 2 bilhões por ano e pretende contratar cerca de 80 mil pessoas com ensino médio para fazer o atendimento presencial aos beneficiários; além do atendimento às crianças, o programa pretende acompanhar gestantes; "Vamos focar o desenvolvimento das habilidades e competências nos primeiros anos de vida para que essas crianças tenham um futuro melhor", disse o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra
Governo interino deve lançar nos próximos dias o Criança Feliz, destinado a atender todos os filhos de beneficiários do Bolsa Família com idade até três anos; programa social terá um custo de R$ 2 bilhões por ano e pretende contratar cerca de 80 mil pessoas com ensino médio para fazer o atendimento presencial aos beneficiários; além do atendimento às crianças, o programa pretende acompanhar gestantes; "Vamos focar o desenvolvimento das habilidades e competências nos primeiros anos de vida para que essas crianças tenham um futuro melhor", disse o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra (Foto: Aquiles Lins)

247 - O governo interino de Michel Temer deve lançar nos próximos dias o o programa Criança Feliz, destinado a atender todos os filhos de beneficiários do Bolsa Família com idade até três anos.

O programa social terá um custo de R$ 2 bilhões por ano. Segundo o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, ideia de fazer o atendimento à primeira infância. "Vamos focar o desenvolvimento das habilidades e competências nos primeiros anos de vida para que essas crianças tenham um futuro melhor e ajudem suas famílias a sair da pobreza", diz o ministro ao blog do jornalista Fernando Rodrigues.

O Criança Feliz pretende contratar cerca de 80 mil pessoas com ensino médio completo para fazer o atendimento presencial aos filhos de beneficiários do Bolsa Família. Serão os chamados visitadores. Estarão nas 4 milhões de casas de pessoas atendidas pelo Bolsa Família com filhos até 3 anos de idade. O total de beneficiários do programa é de 13,904 milhões de famílias. Além do atendimento às crianças, o programa pretende acompanhar gestantes.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247