Temer vai usar AGU para perseguir JBS

De acordo com o jornalista Kennedy Alencar, Michel Temer pediu à Advocacia Geral da União para estudar medidas judiciais contra o empresário Joesley Batista e o grupo JBS por "danos à economia do país"; Temer afirmou que Joesley "mentiu e se fez de vítima" na delação e na entrevista à revista "Época", causando prejuízos econômicos ao Brasil; segundo ele, o Tesouro precisa ser reparado

De acordo com o jornalista Kennedy Alencar, Michel Temer pediu à Advocacia Geral da União para estudar medidas judiciais contra o empresário Joesley Batista e o grupo JBS por "danos à economia do país"; Temer afirmou que Joesley "mentiu e se fez de vítima" na delação e na entrevista à revista "Época", causando prejuízos econômicos ao Brasil; segundo ele, o Tesouro precisa ser reparado
De acordo com o jornalista Kennedy Alencar, Michel Temer pediu à Advocacia Geral da União para estudar medidas judiciais contra o empresário Joesley Batista e o grupo JBS por "danos à economia do país"; Temer afirmou que Joesley "mentiu e se fez de vítima" na delação e na entrevista à revista "Época", causando prejuízos econômicos ao Brasil; segundo ele, o Tesouro precisa ser reparado (Foto: Gisele Federicce)

247 - De acordo com o jornalista Kennedy Alencar, Michel Temer pediu à Advocacia Geral da União para estudar medidas judiciais contra o empresário Joesley Batista e o grupo JBS por "danos à economia do país".

Temer afirmou que Joesley "mentiu e se fez de vítima" na delação e na entrevista à revista "Época", causando prejuízos econômicos ao Brasil. Segundo ele, o Tesouro precisa ser reparado.

Essas medidas judiciais são diferentes dos processos pessoais que o presidente adotará a partir de segunda-feira: uma ação penal por calúnia, injúria e difamação e outra de indenização para ser doada a entidade beneficente, informa Kennedy.

Temer também está contrariado com a Procuradoria Geral da República, que firmou o acordo de delação com Joesley, destaca o jornalista, de acordo com quem Temer disse o seguinte ao SBT:

"Se o Ministério Público não pretende tomar medidas judiciais contra um criminoso que mereceria dois mil anos de prisão, eu tomarei as medidas para colocá-lo na cadeia".

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247