Transparência Internacional pede a renúncia de Temer

“Temer declarou que não renunciará. Em nome da comunidade anticorrupção internacional e em nome da Transparência Internacional, peço que o Presidente Temer reconsidere sua posição e renuncie”, declarou José Ugaz, presidente da Transparência Internacional, na abertura da Conferência Ethos 360° 2017, no Rio de Janeiro

josé ugaz transparência internacional
josé ugaz transparência internacional (Foto: Leonardo Attuch)

Por Esmael Morais

O presidente da Transparência Internacional, o peruano José Ugaz, pediu a renúncia do ilegítimo presidente Michel Temer.

“Temer declarou que não renunciará. Em nome da comunidade anticorrupção internacional e em nome da Transparência Internacional, peço que o Presidente Temer reconsidere sua posição e renuncie”, declarou Ugaz na abertura da Conferência Ethos 360° 2017, no Rio de Janeiro (RJ), realizada nesta quinta-feira (1).

O pedido de “Fora Temer” pela Transparência Internacional ocorreu no mesmo dia em que 100 diplomatas brasileiros assinaram carta, publicada pelo New York Times denunciando, “tentações autoritárias” do ilegítimo Temer ao reprimir manifestações favoráveis à eleição direta já.

“E um presidente com esse nível de questionamento não está em condições de liderar um país que está passando por uma crise tão severa como a crise brasileira e de outros países da América Latina”, completou o presidente da Transparência Internacional.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247