Tucanos dão ultimato ao governo Temer

O PSDB sinalizou que tem uma data limite para decidir se vai ou se fica no governo Temer; em entrevista, o relator da reforma trabalhista no Senado, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), afirmou: "Temer vai trabalhar para encontrar uma estratégia jurídica para não deixar o TSE votar [a cassação da chapa] dia 6 [de junho]. Mas já há um pacto dentro do PSDB na direção de uma data-limite, que é o julgamento do TSE, para ter uma construção do que será o amanhã, o dia seguinte. Se até lá isso for construído e o TSE resolver, bem. Se não, vai ficar absolutamente irreversível a saída do PSDB. A pactuação está feita"

Tucanos dão ultimato ao governo Temer
Tucanos dão ultimato ao governo Temer (Foto: Lia de Paula)

247 - Ao que tudo indica, a cúpula do PSDB colocou um prazo para decidir sobre o desembarque do governo de Michel Temer.

Em entrevista ao jornal O Globo, o relator da reforma trabalhista no Senado, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), afirmou que o prazo para a decisão tucana é 6 de junho.

"Temer vai trabalhar para encontrar uma estratégia jurídica para não deixar o TSE votar [a cassação da chapa] dia 6 [de junho]. Mas já há um pacto dentro do PSDB na direção de uma data-limite, que é o julgamento do TSE, para ter uma construção do que será o amanhã, o dia seguinte. Se até lá isso for construído e o TSE resolver, bem. Se não, vai ficar absolutamente irreversível a saída do PSDB. A pactuação está feita", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247