Turma de Lemann tenta frente pró-Ciro, com apoio de Alckmin e Marina

Fundação Lemann, do empresário Jorge Paulo Lemann, dono da Ambev e homem mais rico do Brasil, organiza o movimento "Alcirina", que seria uma união de Ciro Gomes, Geraldo Alckmin e Marina Silva, em torno da candidatura Ciro; o objetivo declarado é tentar evitar o provável segundo turno entre Fernando Haddad, do PT, e o extremista Jair Bolsonaro, que representa o neofascismo brasileiro; Ciro já disse que aceitaria o apoio de Alckmin e Marina no primeiro turno

Turma de Lemann tenta frente pró-Ciro, com apoio de Alckmin e Marina
Turma de Lemann tenta frente pró-Ciro, com apoio de Alckmin e Marina
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Os articuladores do golpe de 2016, que já tentaram de tudo para viabilizar um projeto eleitoral nestas eleições, mas sempre deram com os burros n'água, agora lançam uma aposta de última hora. Trata-se do projeto "Alcirina", em torno de Ciro Gomes, com as adesões de Geraldo Alckmin e Marina Silva.

O objetivo declarado é tentar evitar o provável segundo turno entre Fernando Haddad, do PT, e o extremista Jair Bolsonaro, que representa o neofascismo brasileiro. “No momento de crise em que vivemos, não podemos arriscar ter o Brasil refém de governos que irão ampliar ainda mais a divisão e polarização do país”, diz o texto do manifesto, assinado por bolsistas da Fundação Lemann, do empresário Jorge Paulo Lemann, dono da Ambev e homem mais rico do Brasil.

Lemann apoiou o golpe contra a presidente Dilma Rousseff e era um dos entusiastas da candidatura de Luciano Huck. O texto do manifesto de bolsistas da Fundação Lemann critica duramente Bolsonaro. “Se eleito, ele vai apoiar e incitar discursos de ódio que colocam em risco a vida de mulheres, negros e comunidade LGBT, entre outras minorias”, aponta o manifesto, informando que “ele já se manifestou dizendo que não aceitaria outro resultado que não o da sua eleição. Esse é um risco que NÃO podemos correr!”.

Ciro já disse que aceitaria o apoio de Alckmin e Marina no primeiro turno. A Fundação afirma que o manifesto não expressa a sua posição política. Será?

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247