Uma legião de franco-atiradores políticos é eleita na esteira da Lava Jato

A operação Lava Jato entrega seu produto final, acabado e retocado: uma legião de políticos conservadores, franco-atiradores, celebridades e congêneres acaba de ser eleita para os próximos 4 anos - como Alexandre Frota e Janaína Paschoal, ambos do PSL -; na sua perseguição sistemática e assumida aos partidos progressistas, a Lava Jato fez estrago; só o PSL, partido ultra conservador capitaneado por Jair Bolsonaro, um apologista da violência, chegou ao posto de segundo maior partido na câmara dos deputados, saindo da condição de nanico

Uma legião de franco-atiradores políticos é eleita na esteira da Lava Jato
Uma legião de franco-atiradores políticos é eleita na esteira da Lava Jato (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A operação Lava Jato entrega seu produto final, acabado e retocado: uma legião de políticos conservadores, franco-atiradores, celebridades e congêneres acaba de ser eleita para os próximos 4 anos. Na sua perseguição sistemática e assumida aos partidos progressistas, a Lava Jato fez estrago. Só o PSL, partido ultra conservador capitaneado por Jair Bolsonaro, um apologista da violência, chegou ao posto de segundo maior partido na câmara dos deputados, saindo da condição de nanico.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo assinada por Vinicius Mota reitera: "enganou-se quem achava que a Lava Jato já havia produzido todo seu efeito eleitoral no pleito de 2016 e que marchava lentamente para a esterilização. A bomba de nêutrons da operação sobre a vida partidária explodiria apenas neste domingo, 7 de outubro de 2018".

E acrescenta: "varreu quase tudo o que encontrou pelo caminho, em especial nas regiões mais desenvolvidas do Brasil. Candidatos das legendas mais estabelecidas, em torno das quais organizou-se o jogo do poder ao longo dos últimos 30 anos, foram atropelados por postulantes excêntricos. O PSDB foi arruinado. O PT, bastante avariado nas localidades mais prósperas, ganhou o direito de disputar uma batalha de vida ou morte pelo Palácio do Planalto, em condições duríssimas, no próximo dia 28"

 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247