Vereador, Carlos Bolsonaro admite que trabalha no Planalto e critica comunicação do governo

Vereador do Rio de Janeiro admite que tem atuado na comunicação do Palácio do Planalto e diz que "literalmente se matou" para tentar melhorar; "Vejo uma comunicação falha há meses da equipe do Presidente com o público. Tenho literalmente me matado para tentar melhorar, mas como muitos, sou apenas mais um e não pleiteio e nem quero máquina na mão"

Vereador, Carlos Bolsonaro admite que trabalha no Planalto e critica comunicação do governo
Vereador, Carlos Bolsonaro admite que trabalha no Planalto e critica comunicação do governo (Foto: Reprodução/Rede Social)

247 - O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente da República, fez críticas à comunicação do Palácio do Planalto "com o público" e admitiu, mesmo tendo o mandato na Câmara dos Vereadores, que tem 'se matado' para tentar melhorar. Ou seja, trabalha também em Brasília. Ele é adepto da linha ideológica do governo, formada pelos 'olavistas', e defende menos influência dos militares.

"Vejo uma comunicação falha há meses da equipe do Presidente com o público. Tenho literalmente me matado para tentar melhorar, mas como muitos, sou apenas mais um e não pleiteio e nem quero máquina na mão", diz ele em postagem nas redes sociais, afirmando que não quer o controle da Secom - Secretaria de Comunicação.

"Infelizmente é notório que nossa esperança perde oportunidades impares de reagir e mostrar seu bom trabalho. Perder é fácil, recuperar é quase impossível! Não espero bom senso de quem não tem, apenas mais uma vez a verdade! O Brasil vencerá!", prossegue o texto.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247