Vox Populi: 68% acreditam que Lula teria vencido Bolsonaro nas eleições

Lula permaneceu 508 dias preso político na Polícia Federal de Curitiba após condenação no caso tríplex –numa sentença do ex-juiz Sérgio Moro, que foi premiado com o cargo de ministro de Bolsonaro, aponta o jornalista Esmael Morais

www.brasil247.com -
(Foto: Ricardo Stuckert | Reuters)


Por Esmael Morais, em seu blog – O Vox Populi afirma que 68% da população acredita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria vencido Jair Bolsonaro, em 2018, se não fosse impedido de disputar o Palácio do Planalto devido à prisão injusta.

De acordo com o instituto, se tivesse havido o confronto entre Lula e Bolsonaro, o petista teria saído vitorioso com 51% das intenções de voto.

O Vox Populi ainda registra que os mesmos 51% consideram o atual governo como pior ou muito pior ao do petista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ex-presidente Lula afirma que os números da pesquisa renovaram suas esperanças para se contrapor ao já fracassado desgoverno de Jair Bolsonaro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lula permaneceu 508 dias preso político na Polícia Federal de Curitiba após condenação no caso tríplex –numa sentença do ex-juiz Sérgio Moro, que foi premiado com o cargo de ministro de Bolsonaro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email