15 vezes menos do que o necessário no Aerporto JK

Essa a proporo de agentes da PF na delegacia de Policia de Imigrao no terminal de Braslia; durante a operao padro, instaurada nesta quinta-feira (19), categoria trabalhou com o nmero ideal de 60 pessoas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 – O Aeroporto Internacional de Juscelino Kubitschek tem apenas quatro agentes da Polícia Federal (PF) locados na delegacia de Policia de Imigração (Delemig). Para o Sindicato dos Policiais Federais do Distrito Federal do Distrito Federal (Sindipol/DF), o ideal seriam 60 profissionais. Como protesto, nesta quinta-feira (19), a categoria realizou uma operação padrão no aeroporto. Movimento aconteceu em praticamente todos os terminais do país.

Ao todo, cerca de 170 servidores da Polícia Federal participaram do movimento. Enquanto 60 policiais federais que estavam de folga de serviço ou trabalham no grupo de fiscalização do Controle de Produtos Químicos, Repressão a Entorpecentes, Polícia Fazendária e Canil Central atuavam no controle e fiscalização dos passageiros, cerca de 110 estavam mobilizados no saguão superior de embarque. "Este seria o efetivo ideal para que a Polícia Federal funcionasse com eficiência em um aeroporto internacional do porte do nosso, aqui em Brasília", destaca o presidente do Sindipol/DF, Jones Borges Leal.

O Sindipol/DF afirma que a operação foi necessário para chamar a atenção da sociedade e do governo para a fragilidade da segurança nos locais estratégicos como portos e aeroportos nacionais.

A pedido do Sindipol/DF, o Padre Marcos e o Pastor Jânio de Oliveira celebraram um ato ecumênico em memória dos brasilienses mortos, vítimas de armas de fogo que entraram ilegalmente no DF. Segundo as estatísticas da Secretaria de Segurança Pública, 88 moradores do Distrito Federal perderam a vida no mês de março de 2012, vítimas de disparos de armas de fogo e pelo envolvimento com drogas. Os celebrantes chamaram a atenção para o fato de que nem as armas e nem as drogas são fabricadas no Distrito Federal, sendo, portanto produtos que ingressaram pelas fronteiras, sem o devido controle das autoridades.

Atualmente a Polícia Federal conta com apenas 13 mil servidores, entre policiais e administrativos, para controle e fiscalização de mais de 16 mil quilômetros de fronteiras e policiamento de portos e aeroportos, além das outras atividades funcionais como investigações, emissão de passaportes.

Nos próximos dias 24 e 25 de abril, categoria realizará uma assembleia federal para avaliar os impactos da Operação Padrão.

Atrasos

Até às 18h, dos 141 voos do Aeroporto JK, 15 tinham decolado com atraso, representando 10,6%. Cinco decolagens foram canceladas. Os números são considerados normais para o terminal.

Com informações da Agência Sindipol/DF.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email